Acessibilidade

Servidores realizam 1ª vistoria contra o mosquito Aedes aegypti

Na luta contra a proliferação do mosquito aedes aegypti, transmissor das doenças dengue, zika e chikungunya, equipe de servidores da Junta Comercial do Estado do Amazonas (Jucea) realizou, na manhã desta quarta-feira (03/04), a primeira vistoria, em todos os setores da autarquia, para identificar e eliminar possíveis focos do mosquito. A averiguação será realizada semanalmente, todas as quartas-ferias, no prédio da instituição e nas suas adjacências.

A ação faz parte das medidas de combate do Governo do Estado, por meio da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS/AM), contra as doenças dengue, zika e chikungunya.

Conforme explicou,  a servidora que compõe a equipe, Eulenice Sampaio, as situações que forem encontradas serão corrigidas e relatadas posteriormente em um relatório, que será encaminhado para a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS/AM). “Na vistoria de hoje, na sede, demos orientações quanto a vasos de plantas encontrados em alguns setores, que precisam ter a água trocada regularmente. Já nas adjacências da Junta, encontramos uma piscina que aparentemente não está recebendo manutenção, e uma área de estacionamento desativado que possuem água de chuva acumulada em algumas áreas”, pontuou a servidora que realizou a vistoria juntamente com Salete Duarte e Fabiane dos Santos.

Treinamento – Os servidores da Junta realizaram treinamento na Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS/AM), para se tornarem ‘agentes multiplicadores’ no enfrentamento ao mosquito aedes aegypti. No treinamento, os servidores da Junta foram capacitados para atuar no combate à proliferação do vírus em vistorias na sede da própria autarquia. Também receberam materiais informativos, que serão colocados em pontos estratégicos na sede da Jucea, com orientações contra a reprodução do mosquito transmissor.

 


Reportar Erro